contato

Base Florianópolis - Santo Antônio de Lisboa
Fone: 48 988113123
Prof. Marcelo Visintainer Lopes
escoladevelaoceano@gmail.com

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Velejar Floripa - aprender em dois dias é mito ou verdade?

 Aprender a velejar em dois dias?

Leia isto!

 

Por Marcelo Visintainer Lopes

Instrutor de Vela

Escola de Vela Oceano



Foto: Oceano VI e Atixba - os irmãos Wind 34' por Andreas (Atixba)

 

Como assim aprender a velejar em apenas um final de semana?

Tem gente que acredita nisto e se joga de cabeça, mas confesso que fico preocupado com este imediatismo.

Fico pensando como isto seria possível, já que os conteúdos mínimos demandam tempo de treino e repetição.

Você pode até cursar um módulo de um curso, mas um “curso completo” é humanamente impossível.

Em um treinamento de 16 horas - 100% prático, objetivo, dinâmico e pedagogicamente eficaz eu consigo ensinar os movimentos de orçar e arribar, aproar e desaproar, trimar as velas, cambar e mais uma ou duas coisas básicas.

Se começar a colocar muita informação e conteúdo as 16 horas já não dão conta.

Um final de semana de imersão focada em resultado é capaz de produzir aprendizado de fato, mas de apenas meia dúzia de conceitos.

Eu trabalho a muitos anos com carga horária mínima de 70 horas para as turmas de final de semana e estou sempre pensando em aumentar este número em função da crescente demanda por travessias mais longas.

Antigamente os novos velejadores ficavam em volta dos clubes e marinas, mas hoje em dia querem velejar cada vez mais para longe.

Ontem (28 de outubro) eu completei 52 anos e dediquei parte do meu dia para enriquecer este texto.

Busquei no passado as lembranças das coisas que aprendi e das pessoas que foram importantes para o meu crescimento profissional na vela.

Eu vivo em cima de barcos a 46 anos e pensei que talvez fosse bom eu falar sobre aprender com pessoas que possuam mais experiência que a gente.

O viver a bordo permite que aprendamos coisas novas todos os dias.

Nosso universo marinheiro é muito rico e complexo e creio que seria necessário viver uns 200 anos para chegarmos na metade do caminho.

Reconhecer que você ainda não sabe tudo é uma tarefa desafiadora para os mais teimosos.

Estar disposto a aprender e trocar informação todos os dias é o que me move como velejador e profissional do ensino.

Embora a pessoa possa achar que já conhece tudo, lá do outro lado existe um milhão de coisas que ela nem desconfia que possam existir.

Se cada velejador pudesse compartilhar suas experiências com outros seria fantástico, mas isso não é normal.

Costumamos guardar tudo o que aprendemos em um cofre e quando partimos tudo o que aprendemos desaparece com a gente.

Meu objetivo profissional é seguir aprendendo e transbordando conteúdo sem restrições.

Vim de uma época que quem sabia guardava para si, pois era o diferencial competitivo nas raias.

Hoje em dia os moleques do Optimist estão anos luz na frente da minha geração, pois seus técnicos ensinam tudo o que sabem.

Temos uma geração absurdamente fantástica de treinadores e meu sonho é que alguns deles possam se dedicar à carreira de instrutor/empreendedor e tocar suas próprias escolas.

Neste universo complexo, adquirir conhecimento relâmpago de dois dias e sair com a sua família em segurança é pura imprudência.

Fuja do imediatismo e tenha paciência!

O aprendizado da vela exige tempo, dedicação e muito empenho da sua parte.

O processo de aprendizado em um veleiro consiste em observar, processar a informação, fazer, errar, corrigir o erro, repetir, corrigir e repetir.

Para que tudo saia dentro da normalidade eu costumo utilizar a carga horária de 70 horas.

Faço isto a 33 anos e percebo que este é o mínimo aceitável para que turmas de até seis alunos tenham um início seguro na vela.

Obviamente existem centenas e centenas de conteúdos extras para você se tornar um velejador de travessias oceânicas, mas estou falando apenas do “curso de iniciação à vela”.

Seria impossível uma pessoa normal assimilar todos os conteúdos básicos de uma só vez e é por esta razão que dividimos o curso em módulos.

Por razões de logística e com o período de férias cada vez mais curto eu desenvolvi uma outra modalidade de curso que permite que alunos de outros estados e até de fora do país possam aprender a velejar de forma intensiva.

São 7 dias corridos de aula individual, totalmente prática e voltada para performance.

Diferente dos cursos de final de semana, o “Personal Sailing” permite que eu atenda todas as necessidades e objetivos específicos do aluno.

Eu fiz uma relação das coisas que eu ensino no curso de iniciação para você ter uma noção da complexidade dos temas.

Depois de ler o conteúdo você vai tirar suas próprias dúvidas...

Veja se existe alguma possibilidade de alguém aprender a velejar em dois dias.

 

Módulo 1: regras básicas de segurança, checklist inicial, cabos envolvidos na manobra com as velas, manobras de poita, subir e baixar a vela grande, abrir e fechar a genoa, ajuste das velas, orçar e arribar, aproar e desaproar, posições do barco em relação ao vento, introdução ao contravento, cambada, dois nós básicos e nomenclatura específica do módulo.

Módulo 2: checklist intermediário, regras avançadas de segurança, fundear e suspender, técnicas de contravento (birutas), uso da bússola, jaibe, regulagens básicas de perfil, manobras em marcha a ré, mais dois nós básicos, nomenclatura específica do módulo, RIPEAM I.

Módulo 3: checklist avançado, carta náutica (plano de navegação), rizo da vela grande, troca da genoa, técnicas de contravento e de popa em condições duras, asa de pomba, manobras de ré feitas à vela, dois nós intermediários, nomenclatura específica do módulo e RIPEAM II.

Módulo 4: checklist avançado II, plotagens de posição, fenômenos meteorológicos e microclima do norte da Ilha de Florianópolis, GPS fixo e aplicativo Navionic’s, revisão e regulagens da mastreação, técnicas de desencalhe, manobra de “Homem ao Mar”, técnicas de manobra para condições duras, atracação, equipamentos de segurança para

nomenclatura específica do módulo e RIPEAM III.




Vela Oceânica em Florianópolis, Aula de Vela em Floripa, Escolas de Vela no Brasil
Aprenda a velejar em Floripa, Escola de Vela Oceano, Universidade da Vela no Brasil
Veleiro Floripa, Barco à Vela Florianópolis, Charter de Veleiro em Floripa
Como aprender a velejar? Quero aprender a velejar, Velejar é uma arte
Aluguel de barco em Floripa, Aluguel de Veleiro para comerciais e filmes
Curso de Veleiro, Escola de Veleiro, Curso Navegação Costeira, Curso Iatismo
Travessias Oceânicas, Vela de Cruzeiro, Curso de Vela de Cruzeiro
Escola de Iatismo, Vela de Cruzeiro, Vídeos de Veleiro, Vídeos Velejando
Professor Marcelo Visintainer Lopes, Velejar, Onde aprender a velejar?
Escola de Vela Itajaí, Curso de Vela Oceânica Itajaí, Aula de Vela Itajaí
Escola Veleiro Itajaí, Velejar Itajaí, comprar veleiro, vender veleiro, aulas de iatismo

Morar em um veleiro, morar a bordo, quanto custa morar em um veleiro